Por mais saudades

| foto: pixabay


Não há um único dia em que não pense em você
Em como gostaria de estar perto
Em como gostaria de te sentir mais uma vez

Não há um único dia em que não deseje o seu abraço
Que não sinta vontade de ouvir a sua voz
E de ver o seu sorriso bobo com os olhos marejados,
Dizendo que ama cada segundo ao meu lado

A saudade faz doer fundo
Mas a saudade que dói
É a daquilo que nunca foi vivido e que talvez nunca será,
Isso toca a alma, os sonhos, a imaginação

Não há um único dia em que não pense em você
Ainda assim, acredito no futuro
O reencontro é a esperança
Vamos esperar

Porque agora você precisa fazer de tudo
Para que essa saudade seja apenas temporal
Para que abraços ainda sejam possíveis 
Para que você não se torne uma lembrança

A saudade pode ter dia para acabar
A lembrança, neste caso, não


  

MAIS DE ÓTICA COTIDIANA